SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE COLÔMBIA ALERTA SOBRE SURTO DE SARAMPO E CAMPANHA DE VACINAÇÃO

VACINAÇÃO OCORRERÁ ATÉ O DIA 31 DE AGOSTO

Publicado em: 10 de agosto de 2018

O Secretário Municipal de Saúde de Colômbia Adileu Storti, informou que, conforme nota da Coordenadoria de Controle de Doenças do Estado de São Paulo, o sarampo é uma doença viral aguda, altamente contagiosa, que cursa com febre, tosse, coriza, conjuntivite e exantema maculopapular. A transmissão do vírus do sarampo é direta, de pessoa a pessoa, por meio das secreções nasofaríngeas expelidas pelo doente. O período de incubação é de uma a duas semanas. O período de transmissibilidade inicia-se cerca de cinco dias antes do exantema e dura até cerca de cinco dias após seu aparecimento.

O Brasil recebeu a certificação de eliminação do sarampo em 2016. No entanto, o sarampo é endêmico em vários países (Europa, África e Ásia), existindo desta maneira o risco de importação para o Brasil. O surto de sarampo iniciado em 2017 se mantém em curso na Venezuela e, desde fevereiro de 2018, no Brasil, casos de sarampo foram confirmados nos Estados de Roraima, Amazonas, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo (um caso importado). Desta forma, evidencia-se no Brasil a persistência de transmissão do sarampo por mais de 90 dias, envolvendo mais de uma unidade federada, o que corresponde ao NÍVEL 3, alerta máximo,

Esclarece Storti que não há tratamento específico para o sarampo, apenas sintomático. A vacina tríplice viral (SCR) é a medida de prevenção mais eficaz contra o sarampo, protegendo também contra a rubéola e a caxumba.

Sendo assim, seguindo cronograma do Estado de São Paulo já foi realizado o primeiro dia “D” em Colômbia no último sábado dia 04/08/18 e agora seguiremos a campanha nacional, afirma Adileu Storti, que teve início no último dia 06/08/18 próximo passado e irá até 31 de agosto, junto com o sarampo estará sendo feita a vacinação contra a poliomielite também.

Crianças entre 1 e 4 anos, 11 meses e 29 dias podem ser levadas as Unidades de Saúde, PSF I e PSF II para receber a vacina, independente se já tomaram o imunizante ou não, com exceção para quem tomou a vacina mais recentemente, nos últimos 30 dias.

A Secretaria Municipal de Saúde de Colômbia, através de seu serviço de Vigilância em Saúde espera vacinar 320 crianças alcançando a meta dos 100%, salientando que a campanha tem por objetivos:

A campanha nacional vai até o final do mês e trata-se de uma campanha de mobilização, já que a vacina contra o sarampo fica disponível o ano inteiro nas Unidades de Saúde da
Família.

No dia 18 de agosto acontecerá o segundo dia “D” de mobilização, onde novamente o PSF I, PSF II e o PSF III de Laranjeiras ficarão abertos das 08 da manhã até as 17 horas.

Finaliza Storti enfatizando da importância dos pais estarem levando a “CADERNETA DE VACINAÇÃO” de seu filho.


Publicado por: IMPRENSA

Cadastre-se e receba notícias em seu email