Busca:

Origem

Home | Voltar
O Fundo social de Colômbia foi criado em 26 de setembro de 1983 pela Lei n° 443, no governo de Jurio Maibashi, com o objetivo de mobilização da comunidade às necessidades e problemas sociais.
Sem sede própria, o Fundo Social de Solidariedade funciona em parceria com o Departamento de Promoção e Assistência Social do Município onde presta atendimento as pessoas e famílias e possui projetos em parceria com o Centro de referência de Assistência Social – CRAS.
Em 09 de dezembro de 2009, no governo de Fabio Alexandre Barbosa, a Lei n° 1.134, estabeleceu a nova denominação de Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural de Colômbia.
Atualmente, o Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural de Colômbia é um órgão vinculado ao Gabinete do Prefeito, dirigido pela Primeira Dama do Município.
O Fundo Social é dirigido por um Conselho Deliberativo composto por 9 membros, com mandado de dois anos e recondução permitida, sob a presidência da esposa do Prefeito do Município ou por outra pessoa de livre escolha deste.
A atual administração do Prefeito Endrigo Lucas Gambarato Bertin exercita a solidariedade educativa, buscando o fortalecimento e solidariedade de pessoas para ajuda ao próximo através de voluntários, criando ações com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos mais carentes da população, desenvolver a capacidade profissional e geração de emprego e renda. Para tanto são articuladas ações em parcerias com os outros setores e também com a sociedade civil. São projetos apoiados por parceiros que tem a consciência da responsabilidade social na contribuição para a redução das desigualdades sociais.